filmow.com/usuario/asianverso/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > asianverso
25 years (BRA)
Usuário desde Agosto de 2013
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Levizinho

    ~Tem spoilerzinho~

    Não sei bem o que pensar desse filme, tem muita coisa pra se questionar e refletir.

    É inegável que o filme é muito bem feito para a sua época, tem uma boa animação, é direto, não fique enrolando pra contar o que tem que contar, etc... mas dos filmes da Gibli que vi, esse é o mais inferior.

    Sempre digo que a "cronologia" do que se assiste voga muito para o que você pensa sobre determinado produto, pois mesmo sendo um produto dos anos 80 eu só assisti em 2018, mesmo sendo um dos precursores do famoso "meus pais morreram e eu vou ficar na casa de uns tios, eles não gostam de mim e começam a me tratar mal", eu já assisti vários animes que tem essa mesma história, mas com personagens mais carismáticos.

    Sempre quando vejo um anime/filme/série que tenha essa pegada mais drama, eu sempre procuro tentar entender todos os lados da história, de todas as pessoas envolvidas, em túmulo dos vaga-lumes eu fiz isso e não consegui ficar totalmente contra a tia e a favor dos dois.

    Não digo que a tia estava 100% certa, mas ela não estava errada, é tempo de guerra, comida, roupa, etc... Não se fazem sozinhos, o menino tinha a noção de que a mãe havia morrido e o pai não estava mais respondendo, poderia ter acordado e começado a entender o que estava acontecendo, pq para mim parece que o menino não estava entendendo a gravidade da situação, era meio que uma "brincadeira" para ele.

    Mesmo concordando com a tia, tbm discordo dele em certos pontos, pois acho que a forma como ela tratou os dois foi bem errada, não adianta pressionar e forçar, vc precisa conquistar e ela desde o inicio já se mostrou descontente com os dois (Típico nesse tipo de história).

    -

    Confesso que achei o filme BEM fraco, não me despertou nenhum tipo de emoção em parte alguma, achei a história mais ou menos, o enredo é bem pacato, as coisas que foram acontecendo pareciam meio forçado, não curti muito.

    Acredito que muito do fato de eu não ter conseguido ter empatia por esse filme foram os personagens, os achei chatos e fracos.

    Não é um filme que eu indicaria.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Levizinho

    Que filme forte, que HISTÓRIA forte, é tão surreal como a mídia e o mundo são, dói em ver como uma pessoa tão talentosa foi simplesmente TRITURADA pela vida :(

    Não conhecia a história dela e fiquei chocado em ver tudo que aconteceu, é tão triste ver como a mídia insiste em sempre colocar uma mulher contra a outra, basta ter duas mulheres competindo diretamente que a mídia as vende como inimigas, rivais e tenta colocar uma como a mocinha e uma como a vilã da história, o que nunca acontece no cenário masculino, sem quando realmente são rivais.

    A musica é um exemplo claro disso, basta ter duas artistas do mesmo gênero para que o mundo crie uma GIGANTESCA guerra entre as duas, induzindo e alterando entrevistas, tudo para vender que mulheres são invejosas e não são confiáveis.

    O filme retrata muito a vida de MUITAS pessoas ligadas ao esporte, o quão pesado são os treinos, a pressão da família, da mídia, da sociedade, você precisa ser PERFEITO, no fim, você só se destrói e NINGUÉM vai estar la por vc quando isso acontecer.

    O maior problema dessa história é que ele retrata totalmente a realidade, mostrando como as mulheres são objetos midiáticos.

    Independente de ter participado ou não do ataque, é nítido que TUDO caiu sobre a cabeça da Tonya e isentaram e/ou ignoraram todos os outros culpados, mostrando o quão hipócrita e machista é a sociedade.

    Acredito sim que a culpa de muitos dos problemas da Tonya, com base no filme, são dos pais dela, a mãe que deu uma péssima criação e bagunçou toda a cabeça da menina e do pai que fechou os olhos e abandonou a filha no meio de toda essa tempestade.

    Mesmo entendendo que a Tonya achava que era melhor do que realmente era, é notável como a industria é manipulada e era obvio que ela não devia ganhar as notas que merecia, por não seguir os padrões que eles achavam ser os certos.

    -

    A atuação da Margot Robbie é incrível, sem palavras.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Levizinho

    ~Tem Spoilerzinho~

    Uma coisa que anda me incomodando um pouco nos filmes que estão sendo lançados é o tempo e a falta de um roteiro dinâmico, 2h de vários nadas acontecendo.

    The Shape of Water não é um filme ruim, mas peca em vários pontos, fazendo com que ele não seja nada além de um bom filme, mesmo tendo potencial para ser "O FILME". Não sei se foi o baixo orçamento ou uma tentativa de fazer algo mais "Dark", mas esse filme é muito escuro e eu odeio filmes com essa vibe mais "obscura".

    O filme tem uma história interessante, promissora e intrigante, te faz querer entrar dentro desse universo, o problema é que vc só fica no querer, pq o filme não consegue te levar para dentro dele devido aos vários errinhos que você vai notando ao decorrer do filme.

    Os personagens são um desses erros, TODOS são rasos e mal desenvolvidos, você simplesmente não consegue se conectar com nenhum deles, é como se acontecesse duas coisas ao mesmo tempo, "A história" e "Os personagens", é como se fossem duas coisas separadas.

    Elisa até é bem trabalhada, não por ter um bom desenvolvimento, mas por ter uma ÓTIMA atriz que conseguiu dar vida ao personagem, mas você não consegue se conectar com ela e torcer por ela, você só vive os momentos com ela por conta da magnifica atuação de Sally Hawkins.

    Tritão é um coadjuvante na história de amor dele com a Elisa, poderiam ter trabalhado muito mais o romance dos dois e ele, mas preferiram deixa-lo ser só um figurante.

    Os personagens secundários são todos descartáveis, a Octavia Spencer é uma atriz INCRÍVEL e foi muito mal utilizada, personagem sem qualquer apelo para o público, é só a "amiga certinha" que te ajuda nas cagadas da vida.

    O vilão é péssimo, além de ser um vilão mal feito, é totalmente forçado e estereotipado, clichê e desinteressante, cada cena com ela era uma vontade de que o filme acabasse.

    O final do filme também é um dos pontos ruins, foi muito além sem realmente explicar até onde foi esse além. Poderiam ter explicado melhor sobre as marcas no pescoço da Elisa, sem parecer que foi apenas para que no fim ela criasse guelras para poder ficar com o tritão.

    -

    Um dos pontos altos do filme é a atuação da protagonista e o roteiro maravilhoso, mas mal utilizado. Também não se pode esquecer da maravilhosa Carmem Miranda abrilhantando a cena em que aparece.

    O ponto fraco do filme foi a má utilização dos personagens e do ótimo roteiro que tinham.

    A cena mais bonita do filme é a do banheiro, é simplesmente sensacional, QUEM NUNCA QUIS FAZER UM SHAPE OF WATER no banheiro? <3

    Resumindo: É um filme que tinha TUDO pra ser o melhor do ano, mas foi estragado por pequenos erros que o tornaram desinteressante em vários momentos, uma pena, mas ainda sim, dos que eu assisti é o melhor lançado até agora.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Levizinho.