Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > thyagoo
(EST)
Usuário desde Dezembro de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Todos os cineastas que você conhece, você conhece de rosto? Ou tem alguns que você só conhece por nome? Teste seus conhecimentos já!
https://www.quizup.com/topics/_fdf81f82-571e-471c-a102-bc83ba48e346

twitter: @ThyagoMoreschi
facebook: fb.me/thyago.moreschi
google+: https://goo.gl/o1oQgN
tumblr: http://goo.gl/co1aog
banco de séries: http://goo.gl/6kwzjr

Últimas opiniões enviadas

  • Thyago Moreschi

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    As pessoas não entendem que o que sensibiliza o Batman e o faz acabar com a luta entre o Superman não é simplesmente o fato de a mãe dele também se chamar Martha, o que sensibiliza ele é perceber que ele se tornou exatamente o que jurou destruir, um assassino, um criminoso, assim como o homem que matou seus pais.
    Quando ele ouve o Superman dizer: "Salve Martha", ele se enxerga na mesma situação quando assistiu ao assassinato de seus pais na infância. É isso que sensibiliza ele.
    O nome "Martha" é só um pontapé inicial pro impacto que ele sente, não é o fator principal.

    O filme já tem mais de um ano e as pessoas ainda não entendem isso.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Thyago Moreschi

    Muito melhor que o segundo filme.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    A pressão posta no Daniel pra se inscrever e o "mestre" lhe ensinando errado criam uma tensão que se estende por todo o filme, coisa que não acontece nos anteriores.
    Dessa vez não apelam pro clichê da menina que aparece exclusivamente pra ser interesse amoroso, não existe nada relacionado a romance nesse filme, o que é um ponto positivo. E achei muito interessante a ideia de a personagem Jessica sair no meio do filme.
    Dessa vez fazem mais justiça a personagem da mãe do Daniel, ela inclusive aparece numa cena, o sumiço dela ainda é incoerente e mal trabalhado, mas dessa vez a solução que o filme encontra é bem melhor que no segundo filme.


    Esse filme deveria ser uma continuação direta do primeiro filme, e o segundo não deveria existir. Eu sinto que esse tem uma ligação enorme com o primeiro, enquanto o segundo é desconexo em relação a história geral e não faz a trama evoluir nada.
    É claro que esse filme tem defeitos e claro que não supera o original, mas é um alivio depois do péssimo filme que foi o anterior e dá um fim satisfatório pra trilogia.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Thyago Moreschi

    Fraquíssimo em relação ao primeiro. Acho que eles queriam tanto fazer uma continuação que fizeram nas coxas sem nenhuma cautela.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    O filme já começa a decepcionar no começo dando uma solução pobre pra explicar o sumiço das personagens Ali e da mãe do Daniel.
    Enquanto a mãe do Daniel, personagem importante no primeiro filme, é reduzida a um único diálogo explicando que ela terá que se mudar a trabalho, a Ali tem até a personalidade alterada jogando fora todo o desenvolvimento da personagem no primeiro filme. Ela simplesmente se apaixonou por outro, deu um pé no Daniel e a gente tem que aceitar isso assim. E o pior é que é tudo verbalizado, solução mais pobre que essa impossível.
    A trama do filme também não ajuda, eles nem tentam seguir o padrão do primeiro filme, ou o padrão de um filme estilo "underdog", agora tudo se resume a uma viagem que eles vão fazer pra Okinawa onde deveremos descobrir mais sobre as origens do Sr. Miyagi, e por falar nisso, o foco vai todo pra ele. Daniel, o protagonista a quem o titulo faz referência, é esquecido completamente. As únicas formas de manter ele na trama é mostrando uma rixa infundada com outro cara ou junto de uma menina que é mais um interesse amoroso desnecessário.
    Já o Sr. Miyagi tem diferenças a serem resolvidas com um velho amigo, mas nada disso é explorado no roteiro, mais da metade do filme é resumindo por: "Você vai lutar comigo!" "Não vou lutar.", "Você vai lutar comigo!" "Não vou lutar."
    Eles acabam resolvendo essa treta da forma mais pobre possível, sem naturalidade nenhuma. E no fim pra terminar "bonitinho" igual ao primeiro eles forçam uma luta que começa do nada, só pra nos lembrar que a gente tá vendo Karate Kid, e que o Daniel ainda é o protagonista da bagaça, só que aqui o jeito que o Daniel resolve terminar a luta não tem nada de memorável como no primeiro, pelo contrário, é extremamente bizarro. Deu vontade até de rir de vergonha alheia.
    A única coisa que salva é a canção marcante do Peter Cetera nos créditos.


    Resumindo: É desnecessário! Uma das piores continuações da história do Cinema. Aqui o nível não cai, ele despenca.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Thyago Moreschi
    Thyago Moreschi

    👍

  • Lorenzo Lovegun
    Lorenzo Lovegun

    claro meu amigo já esta adicionado forte abraço